Gripe suína começa a assustar

Apesar do árduo trabalho do Ministério da Saúde a influenza A (H1N1) continua a contaminar milhares de brasileiros. A gripe suína é uma doença respiratória grave, que é transmitida de pessoa a pessoa, principalmente por espirro, tosse e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.  Vinte e duas mortes foram confirmadas em quatro Estados: onze no Rio Grande do Sul; nove em São Paulo, uma no Paraná e uma no Rio de Janeiro.

 

Preocupada com a saúde dos moradores do Rio, a prefeitura municipal está criando nove pólos de atendimento 24 horas para pacientes com suspeitas da nova gripe. Os dois primeiros centros, que foram inaugurados hoje, estão nos Hospitais Lourenço Jorge (Barra da Tijuca) e Souza Aguiar (Centro). Até sexta-feira, dia 24/07, estarão abertos mais quatro pólos em Campo Grande, Santa cruz e Méier. Todos os centros funcionarão 24 horas, todos os dias, com duas equipe (com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, entre outros) que revezarão de dia e de noite.

 

Outra medida para o combate à gripe é a distribuição dos 50 mil kits para o tratamento da doença que o Ministério da Saúde distribuirá para 68 hospitais de referência de todo o país. Estimasse ainda que serão distribuídos mais de 750 mil pacotes pelo Ministério da Saúde e mais 150 mil da Fundação Osvaldo Cruz até setembro. O kit não será comercializado, pois se teme que a população se automedique.

 

A população também deve ajudar no combate à doença. Para isto, basta lavar as mãos freqüentemente com água e sabão (especialmente depois de espirrar e tossir); não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal; e cobrir o nariz e a boca com um lenço (de preferência descartável) ao tossir ou espirrar.

 

O vírus tem sintomas semelhantes aos da gripe comum. Então, se você tiver febre acima de 38ºC, tosse, dor de cabeça e apresentar dificuldades respiratórias, procure o seu médico ou a unidade de saúde mais próxima. Para diagnosticar a infecção é necessário retirar uma amostra respiratória nos cinco primeiros dias da doença para examinação em laboratório. Veja abaixo a diferença entre a gripe suína e a gripe comum.

Comaração
 

Segundo o balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, 15 de julho, o Brasil tem registrado 1.175 casos e 3.926 suspeitas desde 8 de maio. Conforme mostra o infográfico publicado na Folha On-line.

Folha

Para mais informações sobre a influenza A (H1N1) o Sinfa-Rj aconselha os servidores civis liguem para o tele-atendimento do Ministério da Saúde (0800-61-1997) ou da Secretaria Municipal de Saúde do Rio (21-3523-4025) ou acessem os sites do MS (http://portal.saude.gov.br/saude) e da Secretaria de Saúde do Rio (www.riocontragripea.rj.gov.br).

Segue abaixo as perguntas mais freqüentes sobre a Influenza A (H1N1).

 

GRIPE SUÍNA

 

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

 

  PERGUNTA RESPOSTA
1.  Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?  Até 10 horas.
2. Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos?  Torna o vírus inativo e o mata.
3.  Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?  A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia.
4.  É fácil contagiar-se em aviões?  Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.
5.  Como posso evitar contagiar-me?  Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.
6.  Qual é o período de incubação do vírus?  Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.
7.  Quando se deve começar a tomar o remédio?  Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%
8.  De que forma o vírus entra no corpo?  Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.
9.-  O vírus é mortal?  Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.
10.  Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?  Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.
11.  A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?  Não porque contém químicos e está clorada
12.  O que faz o vírus quando provoca a morte?  Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.
13.  Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?  Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.
14.  Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?  De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno.
15.  Onde encontra-se o vírus no ambiente?  Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o virus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.
17.  O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?  Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis.
18.  Qual é a população que está atacando este vírus?  De 20 a 50 anos de idade.
19.  É útil a máscara para cobrir a boca?  Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.
20.  Posso fazer exercício ao ar livre?  Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.
21  Serve para algo tomar Vitamina C?  Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.
22.  Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?  A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.
23.  O virus se move?  Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.
24.  Os mascotes contagiam o vírus?  Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.
25.  Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?  Não.
26.  Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?  As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de de contagio e com estrito controle médico.
27.  O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?  Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo.
28.  Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?  Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado..
29.  Serve para algo tomar antivirales antes dos síntomas?  Não serve para nada.
30.  As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?  SIM.
31.  Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?  NAO.
32.  O que mata o vírus?  O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.
33.  O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?  O isolamento.
34.  O álcool em gel é efetivo?  SIM, muito efetivo.
35.  Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?  Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus.
36.  Este vírus está sob controle?  Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.
37.  O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?  A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.
38.  Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune?  SIM.
39.  As crianças com tosse e gripe têm influenza?  É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas.
40.  Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?  Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.
41.  Posso me contagiar ao ar livre?  Se há pessoas infectadas e que tosam e/ou espirre perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.
42.  Pode-se comer carne de porco?  SIM pode e não há nenhum risco de contágio.
43.  Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?  Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.

 

 

 

Fonte de Pesquisa:

Folha de São Paulo
Ministério da Saúde
Extra On-line
O Globo
Agência Brasil
E-mail recebidos sobre a doença

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s